Suspeito de assassinar a mulher trans Stéfany Ferreira de Oliveira, de 38 anos, em 15 de outubro em Cassilândia, se apresentou à polícia do Mato Grosso na quarta-feira (28). Ele esteve na DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa) de Cuiabá, confessou o crime, mas foi liberado.

O autor 31 anos seria namorado de Stéfany. Por não haver mandado de prisão contra ele e já ter passado o período de flagrante, o rapaz foi solto. O depoimento deverá ser encaminhado à delegacia de Cassilândia, responsável pelas investigações.