Uma mulher acabou condenada pela Justiça de Mato Grosso do Sul por não denunciar o marido, de 67 anos, que, durante dois anos, estuprou a enteada de 7 anos. O homem, que é ajudante na fabricação de carvão, também foi condenado.

Leia notícia completa no Interativo MS